Jaraguá vence o Atlântico Erechim e larga na frente nas quartas de final da Copa do Brasil
26/06/2024 21:29 em Copa do Brasil

O Jaraguá Futsal (SC) venceu o Atlântico Erechim por 4 a 3 e largou na frente na decisão das quartas de final da Copa do Brasil. Neném Ribeiro, Felipe, Yan e Thierry anotaram os gols da vitória catarinense nesta quarta-feira (26 de junho), na Arena Jaraguá. Pelo lado gaúcho, Gessé, Richard e Chape diminuíram.

Na segunda partida, em solo gaúcho, a Locomotiva Amarela precisa apenas de um empate para sacramentar a classificação para as semifinais. Já o Atlântico precisa vencer no tempo normal, para forçar a prorrogação e tentar a vaga com apoio da torcida. O jogo de volta será no dia 04 de julho, às 19h30, em Erechim (RS).

Primeiro tempo

O jogo começou movimentado e com uma chance clara para cada lado com apenas 30 segundos. Aos quatro minutos, a Locomotiva Amarela abriu o placar. Em uma jogada trabalhada com o pivô, Eka dominou de costas para o gol e rolou para Neném Ribeiro chegar chutando e balançar as redes. No decorrer da partida, o Atlântico foi pressionando o Jaraguá e empurrando os catarinenses para a quadra de defesa.

Aos 11, após bate-rebate na área, a bola sobrou nos pés de Felipe, que de letra, marcou um golaço para ampliar o marcador. Aos 12, a principal chance do Galo de Erechim na partida. Após cobrança de falta, a bola sobrou nos pés de Elenilson, que girou e encheu o pé, mas a bola explodiu na trave. O Atlântico se animou na partida e foi para cima, mas pecava nas finalizações e parava nas ótimas defesas do goleiro Nikolas. Aos 17, após bela troca de passes, Pedrinho encontrou Yan na ala oposta, que chutou rasteiro e levou a vantagem de 3 a 0 para o vestiário.

Segundo tempo

A etapa final começou faltosa e com distribuição de cartões amarelos. Com a desvantagem, os gaúchos precisavam de uma reação no jogo, enquanto o Jaraguá aproveitava as oportunidades e explorava os contra-ataques. Aos nove, o Atlântico diminuiu. Em uma boa jogada trabalhada, Gessé aproveitou a finalização e desviou para o fundo das redes. O gol animou os gaúchos, que se lançaram ao ataque, mas o goleiro Nikolas impedia as investidas do adversário.

Aos 11, em contra-ataque, Pedrinho com uma cavadinha encontrou Thierry, que dominou a bola no peito e balançou as redes para anotar o quarto e dar um banho de água fria no Atlântico. Com o gol sofrido, os gaúchos optaram por jogar com goleiro-linha. Aos 15, Richard com um chute de fora da área, marcou um golaço e diminuiu para o Galo de Erechim. Aos 17, Richard serviu de garçom para Chape anotar o terceiro e colocar fogo no jogo. O Atlântico pressionou o Jaraguá em busca de empate, mas não conseguiu igualar o placar e a vitória ficou com os catarinenses. 

 

Créditos: Lúcia Chaves/CBFS

Foto: Mauro Junior 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!